Voltei ao trabalho e agora?

Muitas mães se veêm em desespero ao se depararem com a situação de estarem com seus filhos dependentes por causa da amamentação,  e ao mesmo tempo terem que voltar ao trabalho.  Esse dilema pode ser facilmente resolvido, através da ordenha, podendo ser manual, ou com bomba mecânica e/ou  elétrica. Assim, estimulando a produção de leite e sempre ter leite em abundância para alimentar o bebê, garantindo o adequado aporte nutricional e a prevenção de doenças e agravos á saúde. 

Como amamentar quando voltar ao trabalho

O leite materno é o alimento mais completo que existe para o bebê, nos primeiros 6 meses contém todos os nutrientes que a criança necessita para manter um bom estado nutricional e contribuir para seu desenvolvimento. 

Como fazer a ordenha, armazenar, congelar, descongelar e oferecer o leite ao bebê

A produção de leite se dá de acordo com a demanda do bebê, ou seja, quanto mais o bebê sugar, mais leite é produzido, por conta disso é importante sempre oferecer o peito e extrair o leite quando necessário, em pequenas quantidades.  

Caso não for possível amamentar o bebê trabalhando

Com antecedência de 1 ou 2 semanas antes de voltar para ao trabalho, comece a retirar o leite e guardá-lo para estoque.

  • Amamentar antes de sair e quando voltar

  • Amamentar durante a noite

  • Em casa oferecer o peito ao longo do dia (livre demanda) 

 

ORDENHA

Preparação:

– Escolha um frasco incolor de vidro com tampa de plástico.  Higienize bem o frasco com água e sabão e ferva-o por 15 minutos, contando o tempo a partir da fervura.  Em um pano limpo, deixe o frasco e a tampa para baixo até que sequem bem.​  

  • Identifique o frasco com uma etiqueta 

Nome:

Data:

Hora da coleta:

Higienização:

  • A mãe deve retirar todos os adereços como anéis, colares e pulseiras.

  • Higienize bem as mãos até os cotovelos com água e sabão.

  • Cobrir os cabelos e região do nariz e boca.

  • Lave as mamas somente com água.

  • Seque as mãos e as mamas com papel toalha​.

 

Retirada:

 

  • A mãe deve estar relaxada, sentada em um local confortável.

  • O frasco já deve estar pronto para o uso.

  • Inicie a massagem das mamas. Faça movimentos circulares com a ponta dos dedos em toda a aréola

  • Massageie toda a mama

  • Coloque o polegar acima da linha onde acaba a aréola e os dedos indicadores e médio abaixo dela.

  • Firme os dedos e empurre para trás, Aperte o polegar contra os outros dedos com cuidado, até o leite sair. Aperte e solte sem deslizar os dedos.

– Os primeiros jatos devem ser desprezados, o frasco deve estar aberto e a tampa colocada na mesa com a parte interna para cima.  

– Faça a ordenha. Pode ser feita com as mãos, com bomba manual ou elétrica.

Após terminar a coleta, feche bem o frasco deixe dois dedos de distância entre o leite e a tampa do frasco.

ARMAZENAMENTO

  • Freezer ou no congelador – Validade 15 dias  

  • Geladeira – Validade 12 horas​

 

Para cada coleta utilize frasco diferentes.

 

Transporte: Bolsa térmica ou caixas térmica com gelos.

OFERECER

Amorne a quantidade que o bebê vai tomar em banho maria, agite o vidro lentamente para misturar seus componentes

–  Não ferva o leite e não aqueça no microondas

O leite que foi descongelado, mas não aquecido pode ser guardado na geladeira por até 12 horas.

Oferecer – Em xícaras ou copinhos    

 

Fonte: Brasil. Ministério da Saúde. Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta. Brasília: Ministério da Saúde, 2010.

Fonte: Brasil. Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária. NOTA TÉCNICA CONJUNTA Nº 01/2010 ANVISA E MINISTÉRIO DA SAÚDE – ASSUNTO: SALA DE APOIO À AMAMENTAÇÃO EM EMPRESAS. Brasília, 2010.

Juliana Santos CRN: 42708: Nutricionista, formada pela Universidade Nove de Julho.

 Responsável pelo conteúdo de Nutrição e saúde no Bellamaterna, além de realizar atendimentos e suporte a profissionais de saúde inscritos na Plataforma.

” Ser Nutricionista… é gostar de pessoas independente de suas preferências ou aversões, é saber que os alimentos mexem com nossos corações, é adicionar nutriente ao ingrediente, é convencer que dessa vez será diferente, é dar prazer em meio ao desespero, é adicionar amor ao tempero, é mostrar caminhos em meio à confusão. ”  (Trecho do Poema ” Ser Nutricionista é”  – Autora: Ana Caroline Cruvinel Melo)

Compartilhe!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.